top of page

UPAS de Caraguatatuba reforçam equipes e registram aumento de atendimentos para vítimas das chuvas



A Prefeitura de Caraguatatuba reforçou as equipes nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAS) para acolher os pacientes que sofreram algum tipo de patologia em função das chuvas que atingiram o Litoral Norte.


Até a manhã de sexta-feira (24/2), foram 4.797 atendimentos, sendo 666 de pacientes de outras cidades.


Na UPA Sul, por exemplo, foram realizados 1.776 atendimentos, sendo 288 de outras cidades (267 deles de São Sebastião). Já na UPA Centro foram 2.164 atendimentos, sendo 178 de outras cidades (47 de São Sebastião). E no Pronto Atendimento do Massaguaçu foram 857 atendimentos, sendo 200 de outras cidades (144 de Ubatuba).


Os casos de atendimentos nas UPAS se referem à baixa ou média complexidade. Casos mais graves são encaminhados a Casa de Saúde Stella Maris ou ao Hospital Regional.


Na Casa de Saúde Stella Maris, as internações são de gestantes vítimas da enchente em São Sebastião. São nove pessoas internadas na unidade hospitalar, sendo seis mulheres, uma menina de um dia, além de três meninos (dois bebês de dois dias e um de 10 dias).


Segundo o prefeito Aguilar Junior, foram reforçadas equipes nas unidades municipais para absorver a demanda do município e das cidades vizinhas.


Hospital Regional


O Hospital Regional em Caraguatatuba funciona como principal unidade hospitalar para abrigar todos os pacientes que tiveram ferimentos ou traumas de alta complexidade.


Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, 25 adultos e três crianças vítimas das chuvas são atendidas neste momento na unidade hospitalar.


A escolha do Hospital Regional em Caraguatatuba é para não sobrecarregar as redes hospitalares municipais. Os principais atendimentos são relacionados às vítimas das chuvas principalmente de bairros da Costa Sul de São Sebastião. Os resgates são feitos por meio de helicópteros e encaminhados diretamente para o heliponto do HR


Fonte: Secretaria de Comunicação/PMC

Foto: Divulgação/PMC.

Comments


bottom of page