top of page

Todos os trechos da Rodovia Rio-Santos estão liberados parcialmente em São Sebastião



A Prefeitura de São Sebastião, por meio do Departamento de Tráfego (DETRAF), com apoio das equipes do Departamento de Estradas de Rodagem de São Paulo (DER) e do Exército Brasileiro desobstruíram todos os pontos de interdição total na rodovia Rio-Santos (SP-055), dentro do trecho de São Sebastião.


O tráfego que estava liberado apenas para veículos de resgate e serviços, nesta quinta-feira (23) já pode ser feito por veículos em geral, mas não é o recomendado, já que os Técnicos do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) seguem trabalhando para melhorar as condições das estradas e monitoram a via.


O prefeito de São Sebastião parabenizou o trabalho desempenhado pelas equipes disponibilizadas pelo governador do Estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas, e pelo governo Federal na ação de liberar o tráfego em diversos pontos que antes estavam totalmente obstruídos dentro do município.


“O governador está zelando pelo povo desde o começo dessa tragédia no município. É de extrema importância a liberação deste trecho para avançarmos com os trabalhos e conseguimos liberar ainda mais a via principal para as pessoas conseguirem voltar a transitar no município também”, disse o prefeito.

Pontos com interdição parcial

• Km 136 ao 142 – queda de barreira e árvores (Praia do Guaecá e Toque Toque);

• Km 142 – queda de barreira e árvores (Praia do Toque Toque);

• Km 157 ao 162 – queda de barreira (Praia de Maresias);

• Km 164 – queda de barreira (Praia de Boiçucanga);

• Km 180 – queda de árvore (Praia Preta).

Orientação aos Turistas

O Governo de São Paulo e a Prefeitura de São Sebastião orienta turistas a não viajarem para as regiões afetadas neste fim de semana, a fim de evitar sobrecarga no atendimento em hospitais, trânsito nas estradas e abastecimento de água e de alimentos.


A Polícia Militar explica que as rodovias da região precisam estar desobstruídas para que veículos de socorro e de resgate possam circular livremente. Segundo o COI-DER, cerca de 77% dos veículos que estavam no Litoral Norte durante o desastre das fortes chuvas já retornaram para a capital.


Fonte: Departamento de Comunicação/PMSS

Foto: Divulgação/PMSS

Comentarios


bottom of page