top of page

São Sebastião: Simulado de evacuação de área de risco chega à Vila Pernambuco, em Juquehy


O Simulado de Evacuação de Áreas de Risco chega, nesta sexta-feira (1º/12) à Vila Pernambuco, em Juquehy, na Costa Sul de São Sebastião. A ação visa atender moradores para que saibam como proceder no caso de emergência climática, principalmente na temporada das chuvas de verão.


O ponto de encontro será no Lava Rápido do Big, que fica na Rua Pernambuco. Às 9h em ponto soará o alarme para informar a comunidade para sair de casa usando as rotas identificadas.


Nesse treinamento, participam as equipes da Defesa Civil, em parceria com colaboradores das secretarias de Segurança Urbana (SEGUR) com Polícia Municipal e Departamento de Trânsito, de Desenvolvimento Econômico e Social (SEDES), de Educação (SEDUC), de Governo (SEGOV), de Saúde (SESAU) com a Zoonoses para recolher os animais, de Serviços Públicos (SESEP) e de Pessoas com Deficiência e do Idoso (SEPEDI), além do Fundo Social.


Essa ação faz parte de uma série de sete simulados que serão realizados no município até o próximo dia 18 de dezembro. O primeiro deles foi nesta quinta-feira (30/11), em Boraceia, na Costa Sul, onde foram atendidas 51 pessoas de 38 famílias, sendo 37 adultos, 12 idosos e uma pessoa com deficiência.


O bombeiro civil Paulo Cezar Carvalho Souza, 64 anos, foi um dos primeiros a chegar no ponto de encontro, conta que assim que ouviu a mensagem foi ao local porque sua preocupação é com os alagamentos sofridos no bairro quando chove muito. “Vim saber como proceder melhor para não ter problema”.


Ele contou, ainda, que acompanha as obras de drenagem e pavimentação realizadas em Boraceia pela prefeitura e aguarda ansioso o término para saber que o problema será eliminado. “Torço para que essas tubulações evitem novos alagamentos”.


Já na vanguarda, o frentista Jailson Pinheiro da Silva, 40 anos, questionou sobre a possibilidade de risco do mare avançar sobre o bairro e quais as alternativas. Ele foi respondido pelo coordenador da Defesa Civil, Wagner Barroso, que não há estudos científicos sobre a possibilidade do país ser atingido por um tsunami. “Agora estou mais tranquilo”.


Conforme Wagner Barroso, esses simulados são menores, mas vão atender diretamente os moradores das áreas que tendem a ser mais afetadas em todos os cantos do município.


Ainda conforme ele, nesses bairros estão as Regionais Municipais, e os servidores da SESEP costumam ser os primeiros a chegar em áreas que precisam de rápida intervenção, “por isso a importância da participação desses servidores nos nossos simulados”.


O secretário de Governo, Luis Carvalho, representando o prefeito Felipe Augusto, destacou como sendo fundamental a participação dos moradores nesses treinamentos de forma que possam ser multiplicadores de informações para vizinhos, veranistas e turistas. “Sejam multiplicadores. Nossa cidade foi muito castigada em fevereiro. Essa foi uma experiência amarga, mas serviu para que nos preparássemos mais e sempre”.


Confira os locais dos simulados


1º de dezembro – (sexta-feira) – Juquehy

Rua Pernambuco – ponto de encontro no Lava Rápido do Big


6 de dezembro – (quarta-feira) – Boiçucanga - Tropicanga

Rua Arthur Leal - ponto de encontro no antigo campinho


7 de dezembro – (quinta-feira) – Maresias

Rua Caraguatá - ponto de encontro em frente à Escola Municipal (EM) Professora Edileusa Brasil Soares de Souza


13 de dezembro – (quarta-feira) – Topolândia - Olaria

Ponto de encontro Quadra do Olaria


14 de dezembro – (quinta-feira) – Morro do Abrigo

Travessas Timóteo e Viçosa - ponto de encontro no ponto final da Travessa Timóteo


18 de dezembro – (segunda-feira) – Canto do Mar - Chico Soldado

Ponto de encontro Escola Municipal (EM) Professora Joana Alves dos Reis


Fonte: Departamento de Comunicação/PMSS

Foto: Divulgação/PMSS

Comments


bottom of page