top of page

Prefeitura de Ilhabela inaugura novo Café do Engenho para fortalecer turismo cultural


Numa demonstração exemplar de colaboração entre poder público, instituições sociais e a rica história do município, foi inaugurado na última sexta-feira (4), o novo Café do Engenho dentro do Parque Fazenda Engenho D’Água.


Fruto de uma parceria entre Prefeitura, Fundo Social de Solidariedade e a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), o espaço oferece uma experiência que abraça a rica história local e o espírito de solidariedade. O novo Café do Engenho é mais do que um lugar para saborear delícias culinárias; é um ponto de encontro onde tradição, beleza e generosidade convergem. “Agora os visitantes da Fazenda terão este espaço a mais como atração na visitação, com uma vista linda. Excelente iniciativa, que conta com o apoio do Fundo Social e da APAE. Parabéns a todos os envolvidos e que seja um sucesso”, disse o prefeito Toninho Colucci.


No Parque Fazenda, os visitantes agora podem desfrutar de novidades como o Café Caiçara (Café coado com caldo de cana (garapa), como nos primórdios da história do arquipélago e oCafé com Licor de Palmeira Jussara, iguaria produzida artesanalmente na Comunidade Tradicional da Ilha dos Búzios. Também será possível experimentar doces e salgados típicos de fazenda, como bolo de milho, pão de queijo e bolo de fubá com goiabada, entre outros. A renda será revertida aos projetos do Fundo Social de Solidariedade e da APAE de Ilhabela. O funcionamento do local será o mesmo do horário de visitação da Fazenda, todos os dias das 9h às 17h.

A inauguração do Café do Engenho representa mais do que um empreendimento culinário, é um testemunho da visão inovadora e da dedicação do prefeito Toninho Colucci a Ilhabela. Essa iniciativa conecta o passado e o presente de maneira emocionante, ao mesmo tempo que fortalece o tecido social da comunidade”, declarou a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Maria José da Conceição.


O Parque Fazenda Engenho D’Água há muito tempo recebe os cidadãos e visitantes com uma narrativa cativante do passado da fazenda, enriquecida por painéis elucidativos cuidadosamente dispostos pelo local. Além disso, guias conduzem os curiosos por uma jornada no tempo, compartilhando relatos vívidos do funcionamento ancestral da fazenda e sua influência na identidade da cidade.


A Fazenda Engenho D’Água, autêntica joia do patrimônio de Ilhabela, emerge como testemunha viva dos períodos coloniais, com suas raízes profundas datando do século XVII. Incensada como patrimônio cultural e histórico pelo Condephaat e pelo Iphan, a fazenda ocupa um terreno generoso que se estende até a avenida principal da cidade, abraçando a praia do Engenho D’Água, a 1 km da Vila – centro histórico da cidade. A sua preservação e sua conexão vibrante com o novo Café do Engenho ecoam como uma lembrança constante de que o passado é uma fonte inestimável de inspiração para o presente e o futuro.


Fonte: Assessoria de Imprensa/PMI

Foto: Divulgação/PMI

Comments


bottom of page