top of page

Juntos pela reconstrução: São Sebastião une esforços para superar tragédia e renascer mais forte


Há dois meses São Sebastião vivenciou sua maior tragédia, quando ocorreu um volume de chuva de 682 milímetros em apenas 24 horas, ocasionando a perda de 64 vidas na Costa Sul do município.


O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, recebeu apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do governador Tarcísio de Freitas, que disponibilizaram recursos financeiros e humanos para auxiliar o município. “Foi muito importante essa sinergia entre os poderes para que a cidade pudesse ser resiliente e hoje estar em ritmo de reconstrução”.


Limpezas nos bairros atingidos, doações de insumos, alimentos, materiais de limpeza, roupas, móveis chegaram e foram entregues à população afetada.


Hoje, após uma rede de ação humanitária para ajudar os necessitados, a Prefeitura de São Sebastião tem recebido recursos e apoio para a reconstrução do município.


Isso implica na realização de eventos voltados para a retomada do turismo, para ajudar comerciantes que tivéramos prejuízos. Empresas de pequeno e médio porte podem ter acesso a até R$ 500 milhões em linhas de crédito do governo estadual, por meio do Banco do Povo e da Desenvolve SP.


E o mais importante de tudo isso é a remoção das famílias que perderam suas casas. Das mais de 1 mil pessoas desabrigadas, até o momento 806 de 276 famílias já estão morando em um dos 300 apartamentos que foram cedidos pelo governo do Estado na cidade vizinha de Bertioga.


Ao mesmo tempo, São Sebastião indicou áreas para que o Estado pudesse construir as chamadas Vilas de Passagem para abrigar, temporariamente, famílias que receberão, posteriormente, moradias populares.


Serão 216 casas de passagem, erguidas no bairro Topolândia, na região central, sendo uma com 72 unidades da Rua das Mangueiras, e mais 72 na Avenida Professor Machado Rosa, além de Juquehy, na Costa Sul, que contará com mais 72 casas temporárias construídas no campo de futebol local.


Conforme o Estado, já está na fase final da construção as 72 unidades da Rua das Mangueiras e elas serão entregues até o final de abril. Elas serão destinadas, em caráter emergencial, para atender moradores de áreas de risco e famílias que perderam suas casas.


A Gerência de Apoio do Litoral Norte, sob a gestão do coronel André Marcelo Warol Porto Rodrigues, é o órgão responsável por coordenar as ações de auxílio às famílias desabrigadas, bem como o plano de reconstrução local.


Moradias definitivas


Uma das medidas desse plano é a construção de 704 moradias permanentes nas regiões de Baleia Verde e Maresias. Com um investimento de R$ 210 milhões, as obras tiveram início no final de março, com previsão de entrega em 180 dias.


Os empreendimentos Baleia Verde I e II e Maresias I são construídos pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU). São 518 residências no bairro Baleia Verde e outras 186 unidades habitacionais em Maresias.


O Governo de SP também lançou uma campanha para reforçar a importância da volta dos turistas à região. A secretaria assinou um acordo de cooperação com a Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), a Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa) e prefeituras locais para promoção dos destinos da região.


Além disso, o Governo de São Sebastião criou uma linha de crédito especialmente voltada à recuperação da atividade turística no Litoral Norte. São R$ 100 milhões disponibilizados por meio de uma parceria entre a Secretaria de Turismo e Viagens e a Desenvolve SP.


Prevenção


Após a tragédia em São Sebastião, o governo estadual anunciou que vai investir nas ações de alerta contra desastres. Um dos objetivos é instalar mais sirenes em áreas de risco e investir na compra de novos radares. Também discutiu com as operadoras de telefonia a implantação de um novo sistema de alerta de riscos, de modo que a mensagem é disparada automaticamente para todos os aparelhos que estejam em seu raio de cobertura.


Fonte: Departamento de Comunicação/PMSS

Foto: Divulgação/PMSS

Comments


bottom of page