top of page

Enrocamento Juqueriquerê: molhes Norte e Sul ultrapassam 1 km de intervenção


As obras do enrocamento do Rio Juqueriquerê avançam rapidamente em Caraguatatuba e vão trazer benefícios à comunidade pesqueira e aos moradores da Região Sul, contribuindo com a navegação e o sistema de drenagem do município.

A Prefeitura de Caraguatatuba executa o empreendimento e para a construção dos molhes Norte e Sul são utilizados maquinários para colocação e assentamento das pedras que fazem o caminho pelo mar.


O lado Norte já chegou aos 1.056 metros de comprimento (de um total de 1.200), enquanto o lado Sul já atinge 1.085 metros de extensão (de um total de 1.350). Essa contenção maciça, composta por blocos de rochas compactadas, tem a finalidade de impedir a erosão das margens e dissipar a força das ondas.


O enrocamento do Rio Juqueriquerê é a segunda maior construção de molhes do país, com investimentos que giram em torno de R$ 42,5 milhões e o prazo de conclusão é o primeiro semestre de 2024.


Os estudos do enrocamento do Rio Juqueriquerê foram iniciados em 2018. A partir daí foi iniciado o monitoramento do manguezal do local.


A concorrência pública foi aberta em setembro de 2021. No mesmo ano, em novembro, a Prefeitura de Caraguatatuba conquistou a licença da Cetesb. O lançamento do Projeto de Enrocamento do Rio Juqueriquê foi realizado em abril de 2022. Em dezembro do mesmo ano houve o desassoreamento do rio.


Foto: Secretaria de Comunicação/PMC

Foto: Divulgação/PMC

Comentários


bottom of page