top of page

Defesa Civil de Ubtuba reforça medidas de segurança em cachoeiras


Além de deslumbrantes praias, Ubatuba oferece diversas cachoeiras para visitação. Espalhadas pelo município, cada uma tem seus atributos como: piscinas naturais, formação de quedas d’água, vegetação exuberante ao redor e difícil ou fácil acesso.


Na hora de visitar esse atrativo é fundamental tomar cuidados e respeitar normas para evitar acidentes e, também, preservar esse maravilhoso ecossistema.


A Defesa Civil de Ubatuba vem realizando medidas para garantir a segurança desses visitantes. Uma das ações foi a instalação, nesta terça-feira, 2, de uma faixa de alerta na Cachoeira do Prumirim, localizada na altura do km 30 da rodovia Rio-Santos.


No verão, quando as chuvas são mais fortes na cidade, um fenômeno meteorológico conhecido como ‘cabeça d’água’ é comum em cachoeiras. Ela ocorre quando uma grande quantidade de chuva cai em partes superiores de uma cachoeira ou ao longo de um curso d’água. Com isso, os banhistas são surpreendidos pela força da água, que sobe rapidamente.


Segundo o diretor da Coordenadoria de Defesa Civil de Ubatuba, Wagner Lopes, é importante se atentar às condições do local para identificar a ocorrência desse fenômeno. “É exatamente o que diz na faixa: caso a correnteza do local aumente, trazendo folhas e galhos, o indicado é sair imediatamente”, ressalta.


Respeitando placas, avisos, o ambiente e tomando todas as precauções é possível ter uma experiência incrível nesses locais de natureza. “Segurança e a preservação ambiental devem ser prioridades. Planeje uma visita responsável sempre”, alerta o secretário adjunto de Turismo, Thiago Ramos.


Confira as recomendações para uma visita tranquila:

 

  1. Busque saber se o local é área de Parque Estadual, área particular ou área pública, pois cada um possui regras para visitação;

  2. Contrate uma agência de turismo, com guia de turismo experiente.

  3. Leve água, protetor solar, repelente, calçados adequados para trilhas e seus remédios de uso contínuo;

  4. Não deixe lixo nas trilhas nem nas cachoeiras e não faça fogueiras. Mantenha a mata e os rios limpos;

  5. Antes de entrar na água, avalie a correnteza e a profundidade. Esteja ciente de possíveis perigos, como rochas submersas;

  6. Evite visitações em épocas de chuva intensa: Em períodos de chuva, as trilhas podem ficar escorregadias e os rios podem subir rapidamente.

  7. Informe-se sobre as condições das trilhas antes de iniciar sua aventura;

  8. Cuidado com as Selfie, escolha lugares seguros para tirar sua foto de recordação;

  9. Respeite as Comunidades Tradicionais e os moradores locais;

  10.  Deixe sua caixinha de som em casa e aproveite o som da natureza.


Fonte: Secretaria de Comunicação/PMU

Foto: DIvulgação/PMU

Comments


bottom of page