top of page

Concurso define Corte de Carnaval de São Sebastião 2024


Na última quarta-feira (3), o Complexo Turístico da Rua da Praia foi palco da Eleição da Corte de Carnaval de São Sebastião 2024, sendo definidos os representantes do carnaval sebastianense.


Com muito samba no pé e disputa acirrada, as 12 candidatas à Rainha e Princesas do Carnaval e os seis candidatos a Rei do Carnaval concorreram aos títulos e foram avaliados por cinco profissionais especialistas da área artística (Alex Martins, Ana Carolina Câmara Lobato, Quiara Jofre, Tathiana Valério e Valquíria Vieira).


A grande vencedora com o título de Rainha do Carnaval, com 92 pontos, foi Carolainne Thabata; o título de Rei do Carnaval ficou com Ruan Miller de Paula, com 72,5 pontos. A Primeira Princesa, com 91,5 pontos, foi Mayra Vicente; e Segunda Princesa, com 90,8 pontos, foi Katia Fernandes.


Os eleitos como Rei e Rainha receberam como prêmio R$ 10 mil cada; a Primeira Princesa o prêmio de R$ 7 mil e a Segunda Princesa, R$ 6 mil (valores brutos). A partir de agora, a Corte de Carnaval 2024 irá participar das festividades de Carnaval em São Sebastião e também de outros eventos oficiais durante o ano, agendados, exclusivamente, pela Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Turismo (SETUR), em parceria com a Fundação Educacional e Cultural ‘Deodato Sant’Anna’ (Fundass).


Na mesma noite, as Escolas de Samba de São Sebastião também apresentaram seus sambas-enredo e, encerrando com ‘chave de ouro’, o cantor Ivo Meirelles subiu ao palco e agitou a galera cantando grandes sucessos do samba.

 

Ordem de apresentação das Escolas de Samba

 

Antes de iniciar a Eleição da Corte, foi realizado o sorteio da ordem de apresentação das Escolas de Samba de São Sebastião para o dia do Desfile Oficial no Carnaval 2024, no dia 12 de fevereiro, na Rua da Praia, a partir das 20h.


A primeira escola a desfilar será a Leões da Vila (20h), na sequência X-9 do Litoral Norte (21h), Sol da Vila Amélia (22h), Acadêmicos de São Francisco (23h), Ki-Fogo (0h) e, fechado o desfile a Mocidade Independente da Topolândia (1h).

 

Homenagem a Paula Gallani

 

A noite também foi de muita emoção com a homenagem póstuma e o lançamento do troféu Paula Gallani, a dama do samba em São Sebastião que deixou um legado à cultura do município.


Em 1969, juntamente com o seu marido, Geraldo Barros, e o mestre de bateria Dionísio, ‘Dona Paula’ fundou a Escola de Samba Estrela do Mar do Litoral Norte, que contava com cerca de 50 componentes, para um lindo desfile na Rua da Praia, fato que deu origem ao Carnaval de Rua na cidade.


Dona Paula já foi enredo de escolas de samba por duas vezes, e agora, conforme proposta da Cadeira de Cultura Popular do Conselho Municipal de Políticas Culturais de São Sebastião, se torna patrona do troféu que, anualmente, homenageará uma personalidade do Carnaval Sebastianense, eleita pelas Escolas e Blocos Carnavalescos associados à Associação Sebastianense de Entidades Carnavalescas (ASEC).


Fonte: Departamento de Comunicação/PMSS

Foto: Divulgação/PMSS

コメント


bottom of page