top of page

Começa abertura do terreno desapropriado pelo Governo do Estado para a construção de casas



A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Serviços Públicos (SESEP), iniciou o trabalho de abertura do terreno desapropriado pelo Governo do Estado para construção de casas às vítimas da Vila Sahy, na Costa Sul, o epicentro da catástrofe, que culminou com a morte de 61 mortos (número do Estado até este sábado, dia 25), após a chuva da madruga do domingo (19), com o maior registro histórico do país, um acumulado superior a 600 mm.


Máquinas da SESEP estão abrindo, desde sexta (24), o terreno desapropriado pelo Governo do Estado para a construção de casas às vítimas da Vila Sahy. No mesmo dia o governador Tarcísio de Freitas assinou o decreto (nº 67.514), por meio do qual o Governo do Estado declarou uma área, na Vila Sahy, de utilidade pública para fins de desapropriação para construção de moradias às famílias desabrigadas e desalojadas, atingidas pelas chuvas.


Pelo decreto é declarado de utilidade pública uma área particular de 10.632 m², na Vila Sahy, na Barra do Sahy, para fins desapropriação para construção de casas destinadas a famílias desabrigadas e desalojadas. O decreto foi publicado na edição deste sábado, 25, no Diário Oficial do Estado.


O decreto autoriza a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SDUH), a fazer a desapropriação do terreno para implantação de programa habitacional para famílias de baixa renda. As unidades serão destinadas ao atendimento de moradores de áreas de risco afetados e famílias que perderam suas casas em razão das chuvas intensas.


O governador falou sobre a iniciativa. “Já tenho a autorização do proprietário para entrar e trabalhar de imediato. É uma área plana, uma área segura onde a CDHU vai construir residências para começar tirar pessoas de área de risco e dar moradia para quem perdeu”.


O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, que declarou Estado de Calamidade Pública no município, acompanhou a assinatura do decreto pelo governador. Ele falou sobre a iniciativa do governador. “Estou muito emocionado com a assinatura do decreto de desapropriação da área, na Vila Sahy, em Barra do Sahy, para construção de moradias para vítimas das chuvas em nossa cidade. Serão cerca de 10 mil metros destinados para as novas habitações. Obrigado governador, Tarcísio, por agir tão rápido e ajudar os sebastianenses”.


Fonte: Departamento de Comunicação/PMSS

Foto: Divulgação/PMSS

Comments


bottom of page