top of page

Caraguatatuba inicia aplicação da vacina contra gripe



A Prefeitura de Caraguatatuba iniciou a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que segue até o dia 31 de maio.


A influenza é uma infecção viral aguda, que afeta o sistema respiratório e é de alta transmissibilidade. A vacinação permite, ao longo do ano, minimizar a carga e prevenir o surgimento de complicações decorrentes da doença, reduzindo os sintomas nos grupos prioritários e a sobrecarga nos serviços de saúde.


Podem se vacinar crianças de seis meses a menores de seis anos de idade, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, idosos com mais de 60 anos, professores das escolas públicas e privadas, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, profissionais das forças de segurança e salvamento e das forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade em medida socioeducativa e população privada de liberdade.


Os trabalhadores da saúde são aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais. Assim, compreende tanto os profissionais da saúde – como médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontologistas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais de educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares–quanto os trabalhadores de apoio, como recepcionistas, seguranças, pessoal da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros, ou seja, aqueles que trabalham nos serviços de saúde, mas que não estão prestando serviços diretos de assistência à saúde das pessoas. Incluem-se, ainda, aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares como os cuidadores de idosos e doulas/parteiras. A vacina também será ofertada aos estudantes da área da saúde que estiverem prestando atendimento na assistência dos serviços de saúde. A meta é vacinar pelo menos 90% de cada um dos grupos elegíveis.


As vacinas são disponibilizadas em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30. É importante levar documento com foto e carteira de vacinação.


Fonte: Secretaria de Comunicação/PMC

Foto: Divulgação/PMC

bottom of page