top of page

Após etapa final da F1 in School Escuderia Halley é recepcionada e ovacionada em Ilhabela



Ilhabela está em festa e orgulhosa dos alunos da E.M. Eva Esperança Silva: João Gabriel Diniz, Kevyn Caparroz, Maria Eduarda Borges, João Pedro Viana, Clarice Nogueira e Marcelo Araújo, que participaram nos dias 25 e 26 de março em São Paulo, da final do projeto F1 in Schools 2023 e ganharam o troféu “Reconhecimento de Conquista”.


A Escuderia Halley concorreu com mais 15 equipes e foi a única representante de Escola Pública e de Ensino Fundamental II, as demais eram compostas por estudantes do Ensino Médio vindos de escolas particulares e federais.


“Os alunos da E.M. Eva Esperança Silva estão de parabéns pelo sucesso e pelo troféu “Reconhecimento de Conquista”. A vitória deles é nossa também, é a escola pública de Ilhabela ganhando notoriedade e servindo de exemplo”, declarou o prefeito Toninho Colucci.


Para chegar à final, a Escuderia Halley passou por diversas etapas que incluíram a criação e o desenvolvimento do projeto. Também desenvolveram habilidades em design, engenharia, marketing e gestão de projetos, além de muita dedicação e trabalho em equipe.


“O desempenho da escuderia é um exemplo inspirador para outros estudantes e uma prova de que experiências como essa podem ser transformadoras e estimulantes para o aprendizado. Agradeço aos pais que confiaram muito no trabalho, que confiam na escola, na nossa educação. Agradeço também à escuderia Halley que nos orgulhou demais, Ilhabela merece vocês”, destacou a secretária de Educação Lídia Sarmento, que também agradeceu a todos os envolvidos no projeto, como o Rotary Club de Ilhabela responsável pelo ingresso dos alunos na F1 in Schools.


No retorno da competição, a escuderia foi recepcionada na entrada da balsa pelos pais, professores, amigos e representantes do Rotary Club Ilhabela. Já na manhã de segunda-feira (27), a turma ganhou status de super-herói com um cortejo festivo em um carro do Corpo de Bombeiros que percorreu ruas dos bairros da Água Branca e Reino. Os estudantes foram aplaudidos pelos alunos e equipes das escolas municipais José Antonio Verzegnassi, Senador Major Olímpio, José Benedito de Moraes e dos colegas da Eva Esperança Silva.


“Quando fomos convidados para participar do projeto não tínhamos a noção do tamanho e a dimensão do F1 nas escolas, projeto desenvolvido durante um ano. Chegar na final brasileira é o reconhecimento de que as escolas públicas são capazes, fomos a primeira escola pública a chegar em uma final brasileira. Nossa equipe, os pais, que foram fundamentais e as professoras Mariete Ferreira e Mayara Santos, que junto com os nossos alunos deram o seu melhor. Em 27 anos de trabalho, nesse fim de semana foi o mais emocionante poder ver e acompanhar o protagonismo desses alunos foi indescritível,” declarou Vivian Oliveira, diretora da EM Eva Esperança Silva.


Fonte:Assessoria de Imprensa/PMI

Foto: Divulgação/PMI

Comments


bottom of page